Mês: agosto 2010

Um escritor sem leitores

Anônimo: – Palhaço perdido, é isso o que é esse escritor: um palhaço! Não tem leitores, não tem grandes visões. Sentiria-me apiedado deste senhor, Petrus de nome mas não de caráter, se ele não fosse tão arrogante, tão cheio de si. Sem nome: – A arrogância dele não me preocupa tanto, mas sim a sua…

Por Petrus Evelyn 28 de agosto de 2010 0

Um escritor sem leitores

Anônimo: – Palhaço perdido, é isso o que é esse escritor: um palhaço! Não tem leitores, não tem grandes visões. Sentiria-me apiedado deste senhor, Petrus de nome mas não de caráter, se ele não fosse tão arrogante, tão cheio de si. Sem nome: – A arrogância dele não me preocupa tanto, mas sim a sua…

Por petrusem 28 de agosto de 2010 0

Uma análise do livro Nada Além – Petrus Evelyn

O livro Nada Além, de Petrus Evelyn, oferece aos leitores uma história com elementos fantásticos, que mesclam narrativas em primeira e terceira pessoa. O texto traz, ainda, recursos como poesia, teatro, cartas e diversos estilos para descrever as aventuras de um moço, cujo nome e outros detalhes não são moldados: é apenas conhecido como Moço.…

Por Petrus Evelyn 14 de agosto de 2010 0

Uma análise do livro Nada Além – Petrus Evelyn

O livro Nada Além, de Petrus Evelyn, oferece aos leitores uma história com elementos fantásticos, que mesclam narrativas em primeira e terceira pessoa. O texto traz, ainda, recursos como poesia, teatro, cartas e diversos estilos para descrever as aventuras de um moço, cujo nome e outros detalhes não são moldados: é apenas conhecido como Moço.…

Por petrusem 14 de agosto de 2010 0

Juízo

– É difícil estar aqui, confesso que é extremamente difícil estar nesta vida, mas eu tento. Por favor, preciso de outra chance, faço qualquer coisa para que… para que o senhor possa me dar outra oportunidade. O Senhor caminhava de um lado para o outro, pensativo. Perguntou por fim o que ele faria com mais…

Por Petrus Evelyn 7 de agosto de 2010 0

Juízo

– É difícil estar aqui, confesso que é extremamente difícil estar nesta vida, mas eu tento. Por favor, preciso de outra chance, faço qualquer coisa para que… para que o senhor possa me dar outra oportunidade. O Senhor caminhava de um lado para o outro, pensativo. Perguntou por fim o que ele faria com mais…

Por petrusem 7 de agosto de 2010 0